O poder da defumação com 7 ervas

O poder da defumação com 7 ervas

3 minutos de leitura

Um dos momentos mais aguardados numa gira da Umbanda e do Candomblé é a defumação. Logo no começo da cerimônia, os filhos da casa entoam o cântico.

“…Defuma com as ervas da Jurema

Defuma com arruda e guiné

Defuma com as ervas da Jurema

Defuma com arruda e guiné

Alecrim, Benjoim e alfazema

vamos defumar filhos de fé…”

A ideia da defumação é ajudar a limpar as energias densas, os quebrantos, as negatividades tanto dos que participam da gira, como os visitantes para que os trabalhos de cura sejam feitos. Por isso, é importante que todos passem pela defumação, antes que as incorporações sejam iniciadas.

O que acontece nesse processo é que a erva, quando queimada pelo carvão, consegue liberar suas propriedades, ajudando a limpar os campos astrais, a equilibrar as energias e promover a relação com o sagrado. 

A conexão com o espiritual

A Umbanda é uma das religiões que utilizam a defumação como forma de equilibrar o ambiente e afastar negatividades. Mas, historicamente, inúmeras outras já faziam a queima das ervas para promover limpezas e fazer conexão com os guias espirituais.

E sabemos que quando estamos carregados de energias mais densas, a nossa conexão sutil fica mais difícil. 

Mas, por que precisamos nos conectar as nossas forças divinas? – você pode estar aí se perguntando.

Porque muitas vezes queremos ouvir aquela voz interna e entender o que estamos precisando naquele momento. Qual a energia que devemos colocar em tal situação? Ou como agir a partir da percepção que tenho de determinada pessoa?

Perceber as forças divinas significa se colocar em conexão com energias específicas (que podem ser seus protetores/Orixás/animais de poder), para tornar a experiência do agora melhor. Quanto menos negatividade tivermos em nosso campo de energia, mais facilmente compreendemos e percebemos essas energias. E, então, a intuição vem.

Uma homenagem aos amigos espirituais

Quando criamos o incenso de 7 ervas, estávamos pensando em facilitar a purificação espiritual para dentro do seu ambiente, já que muitas pessoas não têm acesso a ritos, não têm religião ou não conhecem formas de se promover essa purificação. E para isso, não é necessário ser um espiritualista. Basta ter a intenção de promover essa conexão com os seus mentores espirituais.

E também foi uma maneira de homenagearmos os Orixás e amigos espirituais ou, como alguns denominam como egrégora de luz, que são os mentores, protetores, aqueles que do mundo espiritual nos orientam. 

Para quem não conhece, os Orixás são divindades da Umbanda que representam individualizações de Deus, uma consciência divina. 

As 7 ervas Sagradas

O Incenso Fênix de 7 Ervas Sagradas leva em sua composição Alecrim, Arruda, Guiné, Mirra, Breu Branco, Olíbano e Benjoim. São todas ervas ou resinas já conhecidas como promotoras de um estado de conexão maior com as energias divinas. Portanto, é o ideal para aqueles dias em que se quer acalmar a mente, abrir o coração e ouvir a intuição. 

Incensos naturais e
artesanais desde 1990

Acesse nossa loja online para conhecer
nossos produtos naturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este post com mais pessoas!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no pinterest
Pinterest