fbpx

O Olíbano como elevação espiritual, desde a Rota do Incenso

3 minutos de leitura

Numa época muito, muito distante, Rarif, um médico de quase trinta anos, estava em busca de curas mais eficientes para seus pacientes. Ele sabia que não adiantava apenas tratar o corpo. Era preciso fazer uma conexão entre o físico e a alma das pessoas.

Já havia feito inúmeras experiências com poções, ervas, pomadas. Mas, nada que pudesse ligar a dimensão física à extrafísica. 

E, para isso, estava disposto a ir longe e a enfrentar qualquer desafio.

Foram anos de pesquisa, sem a resposta que esperava. Até que, certa vez, conversando no mercado central da sua cidade, ouviu de um amigo que os incensos teriam a capacidade de desprender, durante a queima, propriedades das ervas e resinas, que promoviam a conexão entre as dimensões. 

Rarif não teve dúvidas. Com sua roupa branca, subiu num camelo e começou uma jornada pela Rota do Incenso, que ligava o reino de Dhofar à Terra Santa. Ele sabia que o caminho era difícil. O clima era árido. Poderia haver ladrões, tempestades de areia, falta de água. Mas, ele estava resignado.

Foram meses sob o lombo do Camelo, num sol escaldante, para percorrer os quase quatro mil quilômetros até que chegou a uma montanha onde havia plantações de uma árvore cuja resina era usada, ancestralmente, como um medicamento. 

E, então, ele observou uma imagem que nunca tinha visto anteriormente. Com um facão, os donos daquela terra tiravam lascas de uma árvore e, logo em seguida, uma seiva brotava como lágrimas. E aos poucos, iam se cristalizando. Era a resina de Olíbano.

Resina de Olíbano

Rarif não podia acreditar que uma resina fosse capaz de curar. Mas, guardou um punhado em sua bolsa de couro. Conversando com o povo local, começou a entender como a resina era usada e ficou complemente curioso com aquela nova forma de “medicina”. 

Já estava anoitecendo quando sua caravana decidiu acender uma fogueira. Rarif colocou a resina num pote de barro e se aproximando do fogo, deixou com que ela queimasse. E, então, começou a sentir um perfume pungente, mas doce. Ficou olhando aquela fumaça subindo, como quem pudesse ver a conexão entre a terra e o céu. O médico, então, começou a se sentir mais leve. Parecia ter sido transportado para um estado de paz interior e harmonia. 

Finalmente, Rarif, conseguiu a conexão que tanto buscava.

Mas, foram necessários milhares de quilômetros para ele entender que a cura não vinha da resina. E sim, da elevação espiritual que ela promove, o que poderia facilitar a cura mais rápida de seus pacientes. Trazê-los para um estado de serenidade para enfrentar a adversidade promovida pela doença.

Rarif refez o caminho de volta na Rota do Incenso, todo satisfeito. Ele havia decifrado um grande mistério: de que muitas curas depende, simplesmente, do estado de estar em paz.

Quer conhecer as propriedades e usos do Olíbano? Dá uma olhadinha em nosso site. Oferecemos a resina de Olíbano em formato Incenso artesanal, In Natura, além do formato Home Spray.

Incensos naturais e
artesanais desde 1990

Acesse nossa loja online para conhecer
nossos produtos naturais

Deixe um comentário

Compartilhe este post com mais pessoas!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on pinterest
Pinterest