O que é Japamala: quais suas funções e significados

o que é japamala

Quem procura saber o que é japamala, primeiro precisa se conectar com a sua ancestralidade. O japamala é uma palavra do sânscrito, que significa cordão para sussurrar. 

No entanto, é possível ver o japamala como adornos em pescoços e braços e é comum se perguntar, então o que é japamala

Não é só no hinduísmo que encontramos o japamala. O budismo também faz uso dessa ferramenta de meditação. Portanto, ela pode ser utilizada por qualquer meditante que busque a elevação espiritual. 

E para te ajudar a entender o que é japamala, e como utilizá-lo, separamos informações e dicas valiosas. Confira!

O que é japamala?

Geralmente, nos perguntamos o que é japamala depois de vermos os fios em alguém, já que além da usabilidade, ele se destaca pelas cores e formato. 

O japamala é um cordão composto por 108 contas, um conta grande ao final e um tassel. Ele é utilizado por meditantes como uma ferramenta para foco e permanência no presente. 

Então, ele é uma ferramenta de meditação essencialmente utilizada pelos praticantes do hinduísmo e também do budismo. 

E sempre que falarmos do japamala, é importante nos atentarmos para o artigo masculino, já que é uma palavra em sânscrito, que segundo a gramática e ortografia da língua, indica que toda palavra terminada em a curto é masculina. 

Japa significa sussurrar e mala significa cordão. Desta forma, é cordão de sussurrar. 

o que é japamala
o que é japamala

A história do japamala

Sempre que se pergunta o que é japamala, a história dessa peça é a primeira coisa que esperamos ouvir. No entanto, não existe uma história específica sobre a criação do japamala. 

Estima-se que a origem do japamala data de 3 mil anos antes de Cristo. Isso porque uma das estátuas de Sadhu, um homem sagrado para os povos hindus, foi encontrada com um japamala em seu peito, e essa estátua é do século III antes de Cristo.

Existem muitas curiosidades acerca da história do japamala porque ele é muito comum, como uma peça que sempre esteve presente na cultura dos povos meditantes. 

Estrutura e função

O japamala é um cordão que simboliza a roda da vida, que sempre nos leva em direção ao espírito de Deus, o espírito puro. 

Ele é composto essencialmente por 108 contas, que podem ter intermeios dependendo da cultura meditativa que está inserida, como é o caso do budismo. No hinduísmo, essas contas são seguidas sem interrupções. 

No hinduísmo, entende-se que o passado e o futuro não existem, só o presente é real. Mas que a nossa mente divaga entre esses dois planos, de forma a não nos deixar conscientes de tudo no presente. 

Portanto, o japamala é uma ferramenta de meditação que tem como função trazer a nossa mente para a realidade. Ou seja, a cada conta nos conectamos mais com a nossa energia vital e o nosso presente, e evitamos a dispersão de pensamentos. 

O que significa 108 contas?

Quando nos perguntamos o que é japamala e nos deparamos com a figura do cordão, a primeira coisa que fica é o número de contas, sempre 108. 

Por isso, o número 108 é um número muito auspicioso para a sociedade indiana. Na Antiguidade dos povos hindus, contava-se que a distância entre a terra e o sol era 108 vezes o tamanho do sol. E a distância entre a terra e a lua, era 108 vezes o tamanho da lua. 

Separadamente, o número 108 também tem suas simbologias agregadas ao o que é japamala. O número 1 significa a unidade – para os hindus, todos somos parte de uma mesma substância, não importa a nossa origem, somos partes de deus; o 0 significa do vazio – para os hindus tudo na terra é ilusório, não existe de fato, o 0 é a não existência; o 8 deitado é o infinito – demonstra a nossa constância na existência. 

O número 108 quando somado (1+0+8) resulta em outro número sagrado, o 9. O 9 significa essa substância universal da qual fazemos parte. Já que todos os números multiplicados por 9 dá 9. Exemplo: 9×2= 18 (1+8=9); 9×7= 63 (6+3=9), e assim por diante. 

Ou seja, não importa as nossas características, somos um só, retornamos para o mesmo lugar de onde viemos, em conjunto. 

Quais são as partes do japamala?

O japamala possui uma estrutura fixa feita em um cordão de 108 contas, com uma ponta com a conta maior, a 109, e o tassel. 

As contas do japamala podem ser feitas com madeira, como é comum no budismo, ou com as sementes de uma árvore do norte da Índia apelidada de Lágrimas de Shiva. Entretanto, também encontramos japamalas feitas com pedras e cristais. 

A conta de número 109, que fica perto do tassel, é chamada de Meru, e tem como simbologia o espírito de deus, o espírito puro. Ela faz alusão ao monte no Imalaia que segundo a mitologia hindu, moram os deuses do panteão, como Shiva e Ganesha. 

o que é japamala
o que é japamala

Quais são os benefícios

O japamala carrega a função primordial de auxiliar o meditante a voltar para o presente. Por isso, quem busca essas técnicas meditativas procuram entender o que é japamala. 

Essa é uma ferramenta que ajuda no controle do foco, essencial para quem está começando e precisa de auxílio para desligar o turbilhão de pensamentos que prejudicam o estado meditativo. 

Sendo assim, depois de concluir a volta, com as 108 contas, podemos ainda utilizar como espécie de proteção em volta do pescoço. 

como fazer 

Depois de entender o que é japamala, fica mais fácil fazer um sozinho. Por isso, escolha as 108 contas que mais gostar, lembrando que o material para elas precisa ser natural. 

Então, monte uma corta com as 108 contas e deixe um pedaço ao final para colocar uma pedra maior, que pode ser qualquer uma, um cristal, uma pedra mais bruta, o que preferir. Esse será o Meru. 

Por último, coloque o tassel na ponta, que também pode ser da cor que mais te agradar. e pronto. 

como usar

As contas do japamala podem ser utilizadas como repetição, a cada conta uma repetição do mantra, ou do OM, ou das palavras mágicas do Ho’oponopono. 

Ele é um auxílio para voltar ao foco da repetição para atingir o estado contemplativo. No entanto, não devemos usar o japamala com o dedo indicador, já que ele representa o nosso ego, que deve estar de fora da nossa meditação. 

Passe as contas utilizando o dedo médio e o polegar. 

A japamala e seus mistérios

Agora que você já sabe o que é japamala, e como utilizá-lo para as suas práticas meditativas. Crie um ambiente com cristais e incensos para a sua hora da meditação. 

Utilize os incensos da Fênix para meditar. Assim, Crie um ambiente propício para a prática vai ajudar no foco, deixando o caminho entre seu momento e a elevação mental mais curto. 

Para saber mais sobre meditação, japamala, e outras técnicas meditativas, acompanhe o Blog da Fênix!

Incensos naturais e
artesanais desde 1990

Acesse nossa loja online para conhecer
nossos produtos naturais

Compartilhe este post com mais pessoas

Deixe um comentário

Posts relacionados

Dicas, novidades e 12% OFF no seu primeiro pedido. Cadastre-se!