Descubra o que é shantala e seus benefícios para o bebê!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Você já ouviu falar na massagem shantala? Sabe quais são os benefícios dessa técnica e como usá-la? Essa prática milenar de origem indiana pode ser aplicada no seu bebê para trazer diversos benefícios, como relaxamento, equilíbrio, tranquilidade e percepção corporal. Sem contar que é um momento importante de troca e carinho entre a mãe e a criança.

Se você se interessou pelo assunto e quer saber mais sobre o que é shantala e como aplicar a técnica no seu bebê, fique por aqui e aproveite a leitura!

O que é a shantala?

Como nós dissemos acima, a shantala é uma técnica indiana para ajudar no relaxamento e no estímulo do bebê. Ela foi trazida ao ocidente pelo médico francês Frédérick Leboyer. Ele teria descoberto essa prática enquanto passeava pela Índia e viu uma mulher massagear uma criança.

A história é que ele teria acompanhado e fotografado a mulher para, posteriormente, estudar os movimentos e escrever o livro sobre a massagem.

Quais os benefícios da shantala para o bebê?

Além de proporcionar um momento importante entre a mãe e o bebê, a shantala traz outros benefícios para a criança. Veja a seguir alguns deles.

Alívio para cólica

É comum que muitos bebês tenham cólicas nos primeiros meses de vida, principalmente porque não têm o sistema digestivo ainda sem maturidade. Mas os movimentos feitos durante a shantala podem ajudar a musculatura abdominal e, consequentemente, aliviar a dor.

O ideal é que a mãe faça a massagem em um momento que a criança não sinta nenhum desconforto, pois ela precisa estar relaxada. Tente a técnica e verá como seu filho vai se sentir melhor.

Vínculo entre os pais e o bebê

A massagem shantala ajuda na interação entre a mãe ou o pai e a criança ao proporcionar momentos de bem-estar. A interação proporciona um momento de intimidade, sem contar que traz mais segurança emocional para o bebê devido ao contato.

Melhora do fluxo sanguíneo

Os movimentos feitos durante a massagem shantala ajudam a ativar a circulação sanguínea, dilatam os vasos periféricos e promovem uma melhora no aporte sanguíneo. Além disso, eles também ajudam na distribuição do sangue para os outros órgãos do bebê, fora os músculos e tecidos.

Como usar a técnica no bebê?

Para fazer a massagem no seu bebê, é recomendado o uso de um óleo para ajudar a mão a deslizar. É indicado o de amêndoa para crianças, para evitar irritações na pele. Os movimento são simples e podem ser mais tranquilos, caso seja apenas para relaxar a criança, ou mais firmes, para alívio de dores abdominais, por exemplo.

Para começar, sente-se e estique as pernas. O bebê deverá ser posicionado sobre elas. Com óleo nas mãos, coloque os dedos sob o peito da criança e deslize na horizontal, até chegar na axila. Faça os dois lados de forma simultânea. Depois, segure o pulso do bebê com uma mão e com a outra deslize até o ombro e volte, com movimentos leves.

Para aliviar os sintomas das cólicas, coloque a sua mão em formato de concha e faça movimentos das costelas até o início das pernas. Você também deve colocar os dois pés dele para cima e, com o antebraço, massagear a barriga.

Como você pôde perceber, esse momento é muito importante para os pais e para o bebê. Agora que já sabe o que é shantala, aproveite as nossas dicas e use as técnicas apresentadas aqui para se aproximar ainda mais do seu filho.

Se você gostou das informações compartilhadas e procura mais bem-estar para a sua família, conheça quais são os principais tipos de terapias alternativas!

Incensos naturais e
artesanais desde 1990

Acesse nossa loja online para conhecer
nossos produtos naturais

Compartilhe este post com mais pessoas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

Posts relacionados

Dicas, novidades e 12% OFF no seu primeiro pedido. Cadastre-se!