fbpx

Chega de estresse: veja como ter controle emocional no trabalho

Geralmente, passamos mais de oito horas trabalhando. Para perder o controle emocional no trabalho é um pulo, já que precisamos conviver com pessoas tão diferentes de nós. Além de promover um desafio maior nas tarefas em grupo e no aprendizado de lidar com o outro, isso também pode ser bem estressante.

Essa perda de controle pode causar mal-estar na equipe, prejudicar o lado profissional e a ética, levar à falta de respeito e até a atitudes infantis. Sentimentos como raiva, inveja, impaciência e grosseria são comuns quando não há esse trabalho que favorece uma inteligência emocional.

O autoconhecimento é uma ferramenta importante para aprender a gerenciar os sentimentos e pensamentos, e tomar as melhores atitudes com relação a qualquer área da vida. Foi pensando nisso que selecionamos algumas dicas para você conseguir controlar suas emoções no ambiente de trabalho. Confira!

Tenha empatia

Os colegas também podem ter problemas de controle emocional no trabalho. Situações pessoais diversas podem pesar demais e é comum que as pessoas não saibam deixá-las fora da empresa 100% do tempo.

Todo mundo tem maus dias. Assim como queremos empatia dos outros diante de nossos sentimentos e problemas, precisamos retribuir o gesto solidário. Essa também é uma forma de exercitar mais a paciência.

Faça uma pausa

Em casos de situações estressantes (como irritações, brigas e mal-entendidos), a perda de controle emocional nos faz tomar decisões por impulso e falar coisas das quais vamos nos arrepender depois.

É importante fazer uma pausa para respirar fundo e observar a situação por outro ponto de vista, como se fosse uma testemunha. Mas sem mergulhar demais nas emoções (como falaremos no próximo tópico). Afinal, devido ao ego, podemos nos colocar de forma agressiva-passiva para nos defendermos. Isso só gera mais desconforto na equipe!

Reconheça suas emoções

Seres humanos são tomados naturalmente pelas emoções. Não há nada de errado nisso. Mas se aprofundar em emoções fortes como estresse ou tristeza e falta de reconhecimento do seu valor pode trazer um estado depressivo que se estenda e prejudique seu desempenho. O descontrole emocional no trabalho pode causar até a perda do cargo.

Para não mergulhar nas fortes emoções e arruinar sua produtividade, use o desapego. Deixe a emoção vir, observe-a e dê um nome a ela. Aceite ter esse sentimento no momento, mas sem reagir contra quem está ao seu redor.

Perceba em você o motivo claro de estar se sentindo assim. Deixe a emoção forte passar, desapegue e retire a mensagem da situação, e não da emoção.

Gerencie as cobranças

Tanto a cobrança pessoal quanto a de outros que precisamos fazer devem ser dosadas para não gerar sobrecarga de trabalho. Além disso, a quantidade grande de tarefas e a cobrança que pode ser maior do que o necessário geram frustrações, ansiedade e estresse nos colegas e em nós.

Para dosar a cobrança, pergunte ao outro se ele pode realizar tal tarefa, ou encontre a pessoa que possa fazer no prazo em que você precisa. Se seus superiores lhe fazem cobranças e acrescentam a sobrecarga para um curto período de tempo, fale com sinceridade que precisa de ajuda ou de um prazo maior.

O controle emocional no trabalho é um ponto positivo a ser acrescentado ao seu currículo. Significa que você tem resiliência para lidar com pressões e pessoas — que muitas vezes não têm esse controle.

Gostou das nossas dicas? Acompanhe a gente nas redes sociais e continue vendo mais sugestões por lá! Estamos no Instagram e no Facebook!

Gostou? Compartilhe este artigo com mais pessoas...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

Categorias

Cadastre-se

Inscreva-se para receber todas as novidades e promoções.



Instagram