Mulher, uma realidade brasileira

Mulher, uma realidade brasileira

3 minutos de leitura

Você sabia que, segundo estatísticas do IBGE, em 2019,  as mulheres já representavam 51,8% de toda população brasileira?

E, segundo a mesma pesquisa, ao menos 39% das mulheres são as responsáveis economicamente por seus domicílios?

Na prática, esses números indicam algo que vivenciamos já há algum tempo: as brasileiras estão se tornando as chefes de família. São elas que cuidam da casa, dos filhos e são responsáveis por colocar comida na mesa. E, para isso, estão inseridas, cada vez mais, no mercado de trabalho. 

A mulher no cenário global

Que as mulheres vêm ganhando espaço no mercado, em todo o mundo, isso já é conhecido. Mas, existe um fator que queremos destacar que é a expansão da mulher na política mundial e como elas estão trazendo visões mais inovadoras para um mundo que beira o disfuncional.

Então, vamos pegar como exemplo duas mulheres que se destacaram muito durante o início da pandemia do Covid-19, justamente por trazer um olhar diferente. 

Enquanto alguns líderes homens fizeram um movimento de negar que a pandemia existia, Angela Merkel, chanceler alemã, foi braço firme ao decretar políticas urgentes para não lotar os hospitais alemães. Angela, que tem fama de antipática, foi em rede nacional anunciar que aquilo estava sendo feito por um bem maior. Deu certo! A Alemanha foi uma das nações que melhor fizeram a gestão de crise durante a pandemia.

Igualmente inovadora, Jacinda Ardem, primeira-ministra da Nova Zelândia, também realizou políticas extremas no país e decretou o fechamento das fronteiras e realizou testes em massa. Os casos de Covid-19 foram zerados no país, durante meses. Recentemente, foram descobertos alguns novos infectados e Jacinda decretou novamente o Lockdown.

Não é interessante o movimento que essas mulheres fizeram? Acolher um problema e trazer uma solução, em vez de negar, é algo que as mulheres fazem com maestria.

No Brasil, as cientistas têm sido destaque durante o Covid-19, como o exemplo da biomédica Jacqueline Goes, uma das primeiras a mapear o sequenciamento genético do vírus. Vale lembrar também que, dentro dos hospitais, médicas e enfermeiras continuam lidando com uma realidade extrema.

Os diversos papéis da mulher brasileira

As mulheres também conseguiram superar alguns desafios, como, por exemplo, passar os homens em nível de educação no Brasil.  Mas, isso não representou, ainda, um ganho salarial maior. 

Segundo o próprio IBGE, numa pesquisa realizada em 2014, as brasileiras ganham 68% do que os homens recebem, exercendo as mesmas funções.

Então, na prática, observamos um cenário onde a mulher, e principalmente, aquelas que têm filhos, acabam não tendo pausas para a sua vida. 

Hoje, muitas brasileiras precisam lidar com uma série de funções que são, historicamente, atribuídas a elas. Por exemplo, a sociedade ainda espera que a mulher zele pela educação dos filhos, cuide do dever de casa, da saúde dos seus pequenos e ainda seja uma profissional. E nisso, elas acabam sendo exigidas, o que faz com que, muitas vezes, não tenham a possibilidade de perceber seus movimentos mais naturais, como, por exemplo, dar um tempo para respirar, fazer pausas, buscar um equilíbrio.

E, claro, quando não conseguem fazer isso, acabam se sobrecarregando, tendo mais estresse e menos qualidade de vida.

Um momento só seu

Queremos deixar aqui uma pequena sugestão para as mulheres do Brasil. Nós desejamos que todas elas consigam não apenas de ter todos os seus direitos igualados aos dos homens, mas também dividir suas funções, sem sobrecarga. Não estamos dizendo que é a realidade da maioria dos lares brasileiros. Nós sabemos que há homens que dividem essa função. 

Mas, pelas estatísticas, percebemos que as mulheres sim, estão sobrecarregadas.  E uma das formas de tentar se equilibrar, é trazer mais tempo para si, mesmo que sejam 15 minutos num dia.

Então, queremos propor aqui um ritual que possa ser acessível a boa parte das mulheres: sentar e respirar por um tempo.

Se possível, acenda um incenso e veja ele queimar até o final. Só o fato de fazer isso, vai permitir que você consiga se desfocar de seus problemas e começar a se reconectar consigo, entendendo a sua essência. 

Um pequeno ritual que representa um abraço na alma.

Incensos naturais e
artesanais desde 1990

Acesse nossa loja online para conhecer
nossos produtos naturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este post com mais pessoas!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no pinterest
Pinterest