Outono, um convite para o deixar

Outono, um convite para o deixar

3 minutos de leitura

Dia 20 de março de 2021 se inicia o Outono no Hemisfério Sul (no Hemisfério Norte inicia-se a Primavera) e é o que os cientistas chamam de Equinócio: um momento em que o Planeta Terra não está inclinado em direção ao Sol. Então, na prática, os raios solares acabam tendo a mesma incidência tanto no Hemisfério Norte como no Hemisfério Sul. 

Ao contrário do Verão, que tem dias mais longos e do Inverno, com dias mais curtos, o Outono é a estação em que dias e noites têm exatamente a mesma duração (12h). 

A mudança de estação é marcada, geralmente, por temperaturas mais amenas, apresentando um período maior de chuvas e a perda da intensidade do Sol. Então, gradativamente, os dias passam a ganhar um cenário menos vibrante. E o que colabora para que tenhamos essa sensação é o tom amarelado das folhas que caem das árvores e o rosado do céu. Um prenúncio de que mudanças estão chegando.

Um olhar ancestral

Muito antes do surgimento de algumas ciências, como a Geografia, por exemplo, os mais antigos já sabiam que o Outono é considerado como um momento único dentro de um ano.

Durante milênios, o homem se pautou pelos movimentos da natureza, muitas vezes replicando o seu ritmo, trazendo para si uma tentativa de experienciar a forma como a mãe Terra lidava com suas nuances e passagens.  E para muitos povos antigos, o Outono representava exatamente isso: um rito de passagem, um período de transição no planeta e em nossa vida.

Esse era um momento em que os ancestrais começavam a guardar suas colheitas que aconteceram durante o Verão. Era também necessário fazer uma limpeza de tudo o que não servia mais, para não ficar estocando o excesso.

E, nesse ritmo, um conhecimento antigo foi passado de geração a geração até chegar aos dias de hoje: as transformações que o Outono proporciona tanto fisicamente quando emocionalmente. 

Você já refletiu sobre os ensinamentos que o Outono nos traz? 

A folha que cai

Uma das paisagens mais características do Outono é a de um chão coberto por folhas. Quando esse cenário começa a aparecer, sabemos que os dias estão se transformado. Que o Verão se despede e os ventos mudam.

Então, a natureza nos oferece a possibilidade de ficarmos mais reflexivos, mais introspectivos. 

A analogia das folhas que caem nos faz refletir sobre tudo aquilo que queremos deixar ir, em nós mesmos, para ressurgirmos mais fortalecidos. 

Uma visão mais madura

E isso não acontece imediatamente, mas com o passar dos meses. Assim como as folhas amarelas se misturam à paisagem trazendo um novo significado, nossos sentimentos também vão se decantando dentro de nós. O tom amarelo ou vermelho das folhas nos lembra que é hora de amadurecer, de que algo já atingiu o seu ponto e que, portanto, já, literalmente morreu. 

Então, essa estação é ideal para nos perguntarmos: que sentimentos amadureceram dentro de nós? E o que já podemos mudar interiormente?

Acolhimento

E olha como a natureza é sábia. No Outono o vento fresco faz com que tenhamos menos vontade de nos expor, de sairmos à rua. Portanto, ficamos encorajados, o que exige mais presença com nós mesmos. É, portanto, o momento ideal para buscarmos um equilíbrio interior. 

E nesse movimento nasce a compreensão de que quando acolhemos nossas verdades, sejam elas quais forem, acabamos nos abrindo para o novo, seja o sonho de uma casa nova, ampliar a família ou fazer uma mudança de vida

A mensagem do Outono

E, por fim, nesse período em que dias e noites são iguais, conseguimos compreender que a vida é a busca do equilíbrio, num planeta em constantes transformações. Você já sabe o que deseja transformar dentro de você nesse Outono?

Que tal fazer essa reflexão tomando um chá ou diante de um incenso?

Clique aqui para conhecer nossos produtos.

Incensos naturais e
artesanais desde 1990

Acesse nossa loja online para conhecer
nossos produtos naturais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este post com mais pessoas!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no pinterest
Pinterest